Voltar ao topo

Cupim: Conheça esse destruidor de madeiras e saiba como se prevenir

  Os cupins são criaturas minúsculas, mas têm um apetite de leão para devorar madeiras. E o pior, agem sempre em silêncio e de maneira quase imperceptível. Muitas vezes eles acabam com uma estrutura de madeira sem afetar a pintura da peça. Um cupinzeiro pode levar até cinco anos para aparecer. Quando são descobertos, quase sempre já provocaram um grande prejuízo, seja em móveis, estruturas de telhado, assoalhos e revestimentos de proteção de fios elétricos. Já deu para ter uma idéia do estrago que um cupinzeiro pode causar numa marcenaria. Por isso, saiba como esses insetos agem e o que você deve fazer para evitar essa verdadeira praga que ataca preferencialmente as madeiras. 

Cupim

 Como são os cupinzeiros

Os cupins são insetos que vivem numa grande comunidade organizada para garantir a sobrevivência da colônia. Os “moradores” dessa comunidade se dividem em reprodutores primários (rainha e rei), reprodutores secundários (siriri), trabalhadores e soldados.

A rainha e o rei são os membros mais importantes da colônia. Eles têm a função única de acasalar e colocar ovos. Todos os outros cupins trabalham para alimentar e proteger os reprodutores primários.

Os reprodutores secundários substituirão a rainha e o rei em caso de morte. Eles também podem deixar o cupinzeiro para formar novas colônias. Os trabalhadores ou operários são estéreis e cegos. Sua função é buscar alimento para a colônia. Já os soldados protegem a colônia contra o ataque de inimigos extremos, como as formigas, por exemplo.

árvore coberta por um monte de cupim

  Tipos de cupim

Cupins de madeira seca – Vivem em madeira com menos de 30% de umidade. Normalmente ficam restritos à peça atacada. Só conseguem passar de uma peça de madeira para outra se houver um contato entre elas. Como é sensível ao movimento, esse tipo de cupim dificilmente ataca cadeiras, portas e janelas. Preferem se alojar em batentes de portas e janelas, armários embutidos, rodapés, forros de madeira e móveis que são pouco movimentados. Um sinal de que um móvel, um batente ou um rodapé foi infestado por cupins é o acúmulo de resíduos em forma de pequenos grânulos que caem da madeira e muitas vezes se acumulam no chão. Sem tratamento, um móvel pode ser inteiramente destruído por um cupinzeiro.

Cupins subterrâneos – Recebem essa denominação porque formam colônias no subsolo e acatam as madeiras que estão em contato direto com o solo. É a espécie que causa mais prejuízos. Os cupins subterrêneos se instalam freqüentemente nas fundações das construções, protegidos da luz e dispondo de calor e umidade necessários para a sobrevivência. Para conseguir alimento (madeira), eles fazem túneis podendo atravessar paredes, pisos cordões de gesso, fios e até concreto.

Brocas – as espécies mais freqüentes são os lyctídeos e anobídeos. Os lyctídeos. São encontradas principalmente no interior de edificações. Os lyctídeos são besouros pequenos de corpo fino e alongado de cor marrom-avermelhada. Os anobídeos são ovalados e de cor castanho-escura. Dos ovos saem as larvas que vão escavar galerias no interior da madeira para poderem se alimentar.

Como se prevenir dos cupins

- Mantenha a marcenaria limpa. A cada 6 meses faça uma vistoria em locais escuros e úmidos. Olhe com atenção partes superiores de armários e depósitos de materiais. Observe se não há caminhos de terra, nas paredes da marcenaria, em direção ao batente da porta. Observe também se não há pequenos resíduos granulados que se acumulam constantemente perto de alguma peça de madeira, principalmente móveis antigos.

- Ao receber um móvel para restaurar ou reciclar, faça uma inspeção. Como na marcenaria, verifique se não há acúmulo de pequenos resíduos. As brocas também deixam pistas: um pó como se fosse um talco. Encontrando qualquer um desses vestígios, avise o seu cliente e peça para que ele faça o tratamento contra cupins antes da restauração. Mesmo porque todo o móvel pode ser destruído, apesar da reforma ou reciclagem.

Como combater os cupins?

- Os compensados que você compra na Gasômetro são imunizados. Entre as placas coladas, os fabricantes aplicam um produto que mata cupins. A imunização vale por cerca de 5 anos. Eliminar um cupinzeiro é um trabalho difícil, que dever ser realizado por profissionais especializados. O tratamento muitas vezes consiste na aplicação de um cupinicida. A tarefa será ainda pior se for constatada a presença do cupim subterrâneo. Como as colônias podem estar localizadas longe da peça de madeira atacada, nem sempre o cupinicida tem uma ação eficiente. O tratamento é ainda mais longo e caro. Por isso, melhor é prevenir ficando atento aos pequenos sinais de destruição deixados por esses insetos.  

Curiosidade: Você sabia que....

... nos Estados Unidos e Europa os cupins causam mais prejuízos por ano que incêndios ou terrenos?

....para alcançar a madeira, o cupim é capaz de atravessar paredes de tijolos e até de concreto? Ele é capaz de abrir túneis ou torres de mais de 3 metros de altura para alcançar um teto de madeira.

...os cupins do Pantanal matogrosense conseguem viver submersos nas águas das cheias durante um período de quatro meses?

12 comentários em “Cupim: Conheça esse destruidor de madeiras e saiba como se prevenir

  1. gasometro

    Olá Sergio, que bom que gostou de nossa reportagem! Muito interessante sua colocação quanto ao ataque de cupins , pois realmente este é um assunto que muitos tem curiosidade e quase ninguém sabe ao certo a resposta. Mas vamos tentar ajudar:
    Nosso fornecedor de MDF e parceiro a ARAUCO pediu para passarmos a seguinte resposta para vocês:
    “Informamos que o aglomerado/ MDF da Arauco do Brasil S.A., expedido da fábrica, não apresenta insetos xilófagos. A resina (uréia-formol) inibe o ataque de insetos. Pelo processo de fabricação, devido à temperatura de aproximadamente 200 ºC e pressão de 35 kgf/cm², é improvável o desenvolvimento de organismos xilófagos.
    Painéis de aglomerado/MDF são, por fabricação, mais resistentes ao ataque de fungos do que a madeira natural, em razão de possuir conteúdo de umidade menor (MDF 5 a 8% e aglomerado 5 a 11%).
    Esclarecemos que o painel ou o produto final (móvel), deve ser estocado ou mantido em locais isentos de tais organismos para sua conservação neste aspecto.”

    Portanto pessoal podemos concluir que os cupins normalmente vão preferir a madeira natural, mas na falta desta, eles atacarão o compensado, o aglomerado e também o MDF.
    Para proteger o MDF, sugerimos a aplicação de cupinicidas ou tintas, vernizes ou outras coberturas apropriadas, com o objetivo de tapar frestas e ranhuras onde os cupins possam se alojar.

  2. Rita de Cássia Marçal

    Boa tarde, fique na expectativa a reportagem sobre cupins, mas gostaria de saber o que fazer para combater, o forro da minha casa ta cheio, caindo muito pózinho, o que devo fazer como tratar?

    Atenciosmente

    Cássia

  3. Sandro Marques

    Senhores,
    em minha varanda foi colocado um tronco de Flamboyan ainda meio verde e descascado a uns 4 meses. A alguns dias apareceram pós de madeira em volta e muitos furos em volta do mesmo. Imediatamente utilizamos Jimo Cupim com a intenção de liquidar tais insetos. Infelizmente somente alguns ficaram “tontos” e chegaram a cair mas,em alguns dias,novo furos foram, feitos.Os insetos que fazem os furos não se comparam aos cupins pois estes (que existem aqui) são pretos, pequenos e com a cauda reta. Possuem cerca de 3 a 4 mm de cumprimento e menos de 2 de diâmetro.

    Já procuramos na internet por imagens que poderiam nos ajudar a identificar tais insetos mas nada conseguimos encontrar.

    Vocês já viram algo como estes insetos? Poderiam tentar identificar qual espécie é?

    Anexo fotos dos insetos.

  4. Ilma Martins de Souza

    Bom dia,

    Os cupins consegue resiste dentro d´agua ou pode se abrigar também no esgoto?? Pois, fiquei admirada em saber da curiosidade dos cupins do Pantanal. Esse tipo só existe por lá??

    Valeu pela reportagem!

  5. janaina

    ola, estamos restaurando uma antiga estante com cerca de 40 anos ou mais, tem partes compensado outras nao.esta infestado de furinhos de cupins nao achamos caminhos, mas matei um cupim feio.estamos passando querozene nos buraquinhos, praticamente lavamos a estante…ela é linda, por isso acho que vale a pena restaurar, apesar de me cobrarem 500 pila por ela…meu marido ficou louco. estamos lixando e vamos passar um verniz, que tal? vai funcionar????? mande respostas por favor……………………………..obrigada.

  6. Josmeri

    Olá
    Tenho uma cristaleira antiga, tem mais de 40 anos, na parte de baixo está com cupim, será que consigo recuperá-la ?
    Como posso fazer e o que usar?
    Aguardo resposta

  7. leandro

    Boa tarde..gostei muito da reportagem mas porém gostaria de saber como posso prevenir meu galpão feito todo de madeira, da base ate o telhado, é logico com telhas de barro.. Que pintura, produto ou outra coisa??, porque me disseram para passar, oléo queimado, oléo disel, sal etc…
    Gosto muito de resultado comprovado porque nem sempre o que os mais velhos falam é verdade..
    muito obrigado Leandro Magno…

  8. João Rosério

    Cupim ataca MDF?

    Adquiri um móvel em MDF e começou aparecer pozinho em alguns pontos do móvel, o marceneiro que fez a peça garantiu que MDF é a prova de cupim.

    Por favor me informem estou preocupado.

  9. Lais

    Olá Leandro
    É necessário fazer descupinização com uma empresa especializada!!

    Somos especializados em cupins, entre em contato, fazemos orçamento sem compromisso:

    2528-2208

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

#5 Dicas para melhorar a sua Área de Serviço!

Prepare-se para 2019!

Dicas Gasômetro! APP REHAU com paleta de cores inteligente!

Dicas Gasômetro! Serra ideal para MDF miolo escuro!

Como montar uma marcenaria?

Dicas Gasômetro! A Serra de Widea ideal para a sua máquina!